Indaiatuba

07 Julho 2017

Evento que abordou temas sobre gestão, negócios e crise, e também tendências na rede hoteleira, promovido pela Congesa e parceiros, faz sucesso em Indaiatuba

Evento que abordou temas sobre gestão, negócios e crise, e também tendências na rede hoteleira, promovido pela Congesa e parceiros, faz sucesso em Indaiatuba

No último dia 05/07 a Congesa, em parceria com a Prefeitura de Indaiatuba, Kion South America, Travel Inn e IBE-FGV, realizou um evento voltado ao mercado de negócios, onde foram abordados temas como o debate sobre a gestão nos dias atuais e como se fortalecer em períodos de crise, e também as novas tendências para a hotelaria, de acordo com pesquisas de mercado e expectativas das novas gerações de consumidores. Os convidados foram recepcionados com um delicioso café da manhã de boas-vindas, que ajudou a aquecer a manhã fria de inverno da última quarta-feira.

A primeira palestra foi ministrada pelo professor da FGV Flavio Ricardo Rodrigues, com experiência de 38 anos no mercado, que compartilhou com a plateia valiosos tópicos, visando à reflexão sobre as diretrizes de seus negócios nos atuais cenários econômico e político. Segundo o professor, é neste momento de crise que todas as alternativas devem ser avaliadas para que as empresas ofereçam ao mercado o que ele procura. Parcerias são muito bem vistas, quando somam e agregam qualidade e serviços. As partes sociais e inclusivas também são diferenciais que se destacam, quando o assunto é o número de concorrentes no mercado. Outra informação relevante é que hoje as empresas não devem almejar apenas o lucro, essa sim deve ser a consequência de bons serviços prestados e o reflexo do bom relacionamento da empresa com seus funcionários, com a vizinhança onde a empresa está instalada e com a sociedade como um todo. A conclusão que podemos tirar de tudo isso é que os consumidores, cada vez mais conectados e atentos ao movimento do mercado, continuam querendo consumir e as empresas devem estar preparadas para atender aos desejos desses consumidores, bem como suas necessidades e expectativas.

Logo após, para a 2ª palestra do dia, subiu ao palco Manuel Gama, CEO da Travel Inn e Presidente do FOHB, com 47 anos de experiência na área hoteleira e que desde 1976 trabalha no Brasil, abrindo hotéis e também prestando consultoria nesta área. Gama, durante a palestra, pontuou algumas tendências e mudanças no consumo, de acordo com as novas gerações de consumidores. As expectativas e desejos foram se modificando com o passar dos anos, e a rede hoteleira como um todo precisa estar atenda às mudanças para conseguir continuar atendendo com excelência esse público que busca por serviços de qualidade. Gama começou destacando a importância do FOHB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, que visa unificar a rede hoteleira nacional e assim facilitar a troca de informações, com a intenção de melhorar os serviços prestados por todos. O potencial de crescimento, tanto do turismo de lazer quanto o de negócios, é alto e muitas cidades precisam se desenvolver, ou seja, há uma parcela do mercado ainda carente de atendimento neste setor. Pensando nisso, mesmo em momentos de crise, o investidor precisa seguir em frente e manter o foco, pois nessa área hoteleira os frutos são colhidos a médio / longo prazo, já que quando o mercado se estabilizar toda essa área hoteleira já precisa estar desenvolvida para que consiga atender esta demanda. Gama destacou ainda que a iniciativa privada é fundamental, para que o mercado cresça e coloque à disposição dos consumidores os leitos que eles irão precisar, quando houver a demanda. Outro ponto que deve ser considerado pela rede hoteleira são as expectativas dos futuros clientes – Millennials, e se adiantar quanto as expectativas da geração seguinte – Centennials. Esse movimento de gerações precisa ser levado em consideração, caso contrário o modelo de negócios será considerado antiquado e estará fora dos padrões desejados. Quem se atualizar terá mais chances de continuar crescendo e expandindo.

Toda essa análise de mercado, tanto da área de gestão, negócios e oportunidades, quanto do atendimento da demanda hoteleira e suas tendências, não pode ficar apenas ‘no papel’, mas sim deve ser transformada em realidade. E para ilustrar todo esse estudo realizado versus oportunidade de mercado, podemos utilizar o Wise Hotel, como um excelente exemplo. O Wise Hotel, que está em fase final de construção pela Congesa e será operado pela rede Travel Inn, possui todas as características necessárias relacionadas ao conforto, praticidade e inovação para atender esta demanda do turismo de negócios em Indaiatuba, e ainda é uma excelente opção de investimento, no qual é possível adquirir cotas, ou unidades hoteleiras, e obter excelente retorno. O Wise Hotel está previsto para entrar em operação em 01 de dezembro de 2017. Fale com nossos corretores para obter mais informações sobre esse negócio e as unidades hoteleiras disponíveis para investimento.

Na foto, da esquerda para a direita: Manuel Gama - Travel Inn, Kareen – Kion, Adriana Mazzoni – Congesa, Flávio Ricardo – IBE-FGV e Athos Mazzoni – Congesa. (Foto: Nilda Takeuti)