Mercado Imobiliário

24 Junho 2020

IGP-M acumula inflação de 7,11% em 12 meses, segundo FGV

IGP-M acumula inflação de 7,11% em 12 meses, segundo FGV

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel em todo o país, subiu 1,36% na primeira prévia de junho. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-M teve deflação (queda de preços) de 0,32% na primeira prévia de maio e com o resultado da primeira prévia de junho, o IGP-M acumula inflação de 4,19% no ano e de 7,11% em 12 meses. A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que tinha registrado deflação de 0,35% na prévia de maio, passou a ter inflação de 2,06% em junho.

Outro subíndice do IGP-M com alta da taxa foi o Índice Nacional de Custo da Construção, cuja inflação subiu de 0,18% na prévia de maio para 0,27% em junho. O Índice de Preços ao Consumidor, subíndice do IGP-M que mede a variação do varejo, teve uma deflação menos intensa, ao passar de -0,46% na prévia de maio para -0,26% na prévia de junho.

Fonte: Money Times

Saia do aluguel e conquiste seu apartamento próprio

Esse é mais um indicativo que sugere que a compra de imóveis é a melhor opção para o momento.

Fale com nossos consultores e confira a s unidades disponíveis: 19 99761-2571 (WhatsApp)


WhatsApp
Whats