WhatsApp Whatsapp WhatsApp Enviar email

Gostaria de entrar em contato?

Nome
Email
Celular
Assunto

Escrever outra mensagem

WhatsApp Corretores
online

13 de dezembro de 2017

Mercado imobiliário

Construção poderá voltar a crescer em 2018 com aumento da confiança e dos investimentos no setor

Thumbnail

O ano de 2017 não foi tão positivo para a construção civil, como se esperava inicialmente. O PIB da construção deve fechar 2017 com queda estimada pela Fundação Getúlio Vargas de 6,4%. Muitos projetos ficaram no papel, lançamentos foram adiados e distratos ocorreram, ainda como reflexo da crise que atingiu o país em 2015/16, porém há boas perspectivas para 2018, com maior confiança por parte dos investidores e retomada de obras que ficaram paradas durante o período mais turbulento.

Para 2018 a FGV estima crescimento de 2% para o setor, caso o cenário político evolua positivamente e os agentes financeiros fiquem mais seguros para facilitar o acesso ao crédito imobiliário. Os investidores privados, que também são fundamentais para essa retomada, também precisam voltar a ter a confiança para retomar os investimentos na área. Com essa soma de fatores, a tendência é que 2018 seja um excelente ano para todos.

Posts relacionados

Os benefícios da arquitetura bioclimática

7 de junho de 2022

Mercado imobiliário

Projetos arquitetônicos integrados à natureza vão muito além de beleza e bem estar dos futuros moradores do local. A arquitetura bioclimática é um tipo de projeto que apresenta so...

Mercado imobiliário está aquecido: Bom momento para investir em imóveis

27 de maio de 2022

Mercado imobiliário

Em abril de 2022, São Paulo registrou o maior valor do aluguel desde 2019, segundo o índice QuintoAndar de Aluguel, com alta de 1,28% em relação a março, esse foi o décimo mês co...

Singulare Cambuí: 1º empreendimento de alto padrão da Congesa no Cambuí, em Campinas

28 de abril de 2022

Mercado imobiliário

No dia 12 de abril aconteceu em Campinas o evento de entrega do Singulare Cambuí. Faz pouco tempo que a obra acabou, mas já estamos com saudades desse empreendimento que foi o 1º pro...