WhatsApp Whatsapp WhatsApp Enviar email

Gostaria de entrar em contato?

Nome
Email
Celular
Assunto

Escrever outra mensagem

WhatsApp Corretores
online

26 de fevereiro de 2020

Mercado imobiliário

Queda na Selic faz com que investimentos de renda fixa rendam perto de zero

Thumbnail

Com a redução da taxa Selic, taxa que serve de referência para os investimentos de renda fixa do país, faz tempo que a poupança passou a perder para a inflação, ou seja, o poupador perde dinheiro com ela, pois enquanto o dinheiro fica parado ele perde poder de compra mais rápido do que o quanto rende.

No começo de fevereiro houve mais um corte na taxa básica de juros e a Selic passou de 4,5% ao ano para 4,25%. Com isso mesmo outras aplicações que rendem um pouco mais do que a poupança já começam, também, a perder para a inflação ou praticamente empatar com ela.

É o caso do Tesouro Selic, um dos títulos públicos mais vendidos do Tesouro Direto, que remunera exatamente a Selic (o Tesouro possui outros tipos de títulos, com vencimentos mais longos, que rendem mais). É também o caso de CDBs que pagam até 100% do CDI, taxa de referência dos bancos que caminha colada à Selic. Ambos renderão, atualmente, os 4,25% da taxa Selic em um ano. A inflação projetada pelo mercado para 2020 é de 3,25%, o que daria uma folga ainda de 1% de lucro entre o avanço dos preços e a rentabilidade do investimento.

O problema é que tanto títulos públicos quanto CDBs pagam ainda imposto de renda, o que tira de 15% a 22,5% do rendimento, a depender do prazo. Isso faz com que a rentabilidade final deles em um ano, já líquida dos impostos, varie de 3,62% no melhor dos cenários (caso do CDB com mais de dois anos e desconto de 15% de IR), a 3,15%, no pior (caso de um ano de Tesouro Selic com 20% de IR). Ou seja, na melhor hipótese, o lucro do investidor será de 0,37% em um ano, já descontados impostos e a inflação. Na pior, ele perde 0,06%. Para investimentos inferiores a 6 meses, que pagam os maiores impostos, a perda é ainda maior, de 0,08% no caso do Tesouro Selic.

Fonte: exame.abril.com.br/seu-dinheiro

Conheça o Travel Inn Wise Hotel

A aquisição de unidades hoteleiras é uma ótima alternativa para diversificação de investimentos. Ser proprietário de uma unidade hoteleira em um empreendimento minuciosamente desenvolvido para operar de forma eficiente, é a opção perfeita para você: troque inquilinos por hóspedes.

Quer saber mais? Fale com um de nossos consultores – 19 99761-2571.

Posts relacionados

Os benefícios da arquitetura bioclimática

7 de junho de 2022

Mercado imobiliário

Projetos arquitetônicos integrados à natureza vão muito além de beleza e bem estar dos futuros moradores do local. A arquitetura bioclimática é um tipo de projeto que apresenta so...

Mercado imobiliário está aquecido: Bom momento para investir em imóveis

27 de maio de 2022

Mercado imobiliário

Em abril de 2022, São Paulo registrou o maior valor do aluguel desde 2019, segundo o índice QuintoAndar de Aluguel, com alta de 1,28% em relação a março, esse foi o décimo mês co...

Singulare Cambuí: 1º empreendimento de alto padrão da Congesa no Cambuí, em Campinas

28 de abril de 2022

Mercado imobiliário

No dia 12 de abril aconteceu em Campinas o evento de entrega do Singulare Cambuí. Faz pouco tempo que a obra acabou, mas já estamos com saudades desse empreendimento que foi o 1º pro...